Hay Festival Cartagena 2018

domingo, janeiro 28, 2018 Iuçara Soares 0 Comentários


A bela cidade de Cartagena das Índias, na Colômbia, se tornou palco esta semana de um dos principais eventos culturais da América do Sul, o “Hay Festival”.


Em sua 13ª edição, o Hay Festival, que acontece até o dia 28 de janeiro, conta com a presença de mais de 150 convidados do mundo inteiro, que participam de inúmeros eventos, com o objetivo de promover a literatura local e internacional, a educação, o desenvolvimento, e o intercâmbio cultural. Além de dar voz a ideias que podem ajudar a transformar o mundo.

Imagina El Mundo

Com o tema “Imagine um Mundo Melhor”, o festival reúne alguns dos mais renomados escritores, intelectuais e artistas de diversos países para discutir os mais variados assuntos, como a literatura, o jornalismo, a política, a violência, a filosofia, a economia, a ciência, a arte, o cinema, a música, a poesia, o meio ambiente, a gastronomia, a igualdade de gênero, e muitos outros.

Entre os convidados estão o aclamado romancista francês Marc Levy, o jornalista, correspondente de guerra e escritor norte-americano Jon Lee Anderson, o romancista e ensaísta britânico Geoff Dyer, e o escritor sul-africano, vencedor do Nobel de Literatura de 2003, John Maxwell Coetzee. Assim como o escritor nicaraguense, ganhador do Prêmio Cervantes 2017, Sergio Ramírez, e a escritora ganesa/americana, Yaa Gyasi.

Também estão confirmados no evento o físico francês Christophe Garlfard, autor do livro “O Universo em suas Mãos”, a cientista britânica Gabrielle Walker, que discuti questões relacionadas às mudanças climáticas, e o professor espanhol César Bona, finalista do prêmio Global Teachers, que fala sobre as novas formas de educação. Além do neurologista espanhol Jordi Montero, que discute a relação do cérebro com a dor, do explorador norueguês, Erling Kagge, que fala sobre a importância do silêncio, e do antropólogo americano Agustín Fuentes, que fala sobre a origem da criatividade. 

Já às questões atuais são debatidas pela filósofa espanhola Marina Garcés e pelo historiador e autor holandês Rutger Bregman em uma palestra destinada a quem não acredita que seja possível mudar o mundo. Sendo que, a música e a dança também terão seu lugar no evento, estando presentes em bate-papos, concertos e shows, com o grupo americano de músicas soul e rock texano, The Suffers, o bailarino colombiano Fernando Montaño, o baixista e guitarrista colombiano de jazz e rock Chucho Merchan, e diversos outros artistas.

O evento conta ainda com a presença dos escritores David Rieff (EUA), Jenny Valentine (Reino Unido), Sergio del Molino (Espanha), Renato Cisneros (Peru), Dinaw Mengestu (Etiópia), Samanta Schweblin (Argentina), Carlos Fonseca (Costa Rica), Diego Zúñiga (Chile), Ingrid Bejerman (Brasil), Yehuda Koren (Israel), Liliana Colanzi (Bolívia), entre muitos outros.

O Festival

Assim, durante quatro dias, o festival conta com uma programação cultural atraente e diversificada, com direito a palestras, lançamentos de livros, exposições, exibição de filmes e documentários, apresentações artísticas, concertos, saraus, premiações, e muito mais.

A começar por uma homenagem especial aos grandes autores da literatura mundial Miguel de Cervantes e William Shakespeare, num evento com a presença dos renomados escritores Salman Rushdie (Reino Unido), Carmen Boullosa (México) e Valeria Luiselli (México), que falam um pouco sobre os dois autores que representam o melhor da literatura universal e o que seus legados e obras significam nos dias atuais.

Tem também a tradicional “Gala de Poesía”, um dos eventos mais queridos pelo público do Hay Festival Cartagena, que regressa com a participação de alguns dos mais renomados poetas nacionais e internacionais. Entre eles Valter Hugo Mãe (Portugal), Frank Báez (República Dominicana), Ana Isabel Conejo (Espanha), Gloria Susana Esquivel (Colômbia), Rachel Eliza Griffiths (EUA), Darío Jaramillo (Colômbia), Gabriela Jauregui (México), Alan Mills (Guatemala), Mónica Ojeda (Equador), Daniel Saldaña París (México), Rosemary Sullivan (Canadá), Carlos Zanón (Espanha) e Lee Maracle (Canadá).

O festival conta ainda com um espaço dedicado ao público infantil e adulto, o “Hay Festival Comunitario”, que também levará a cultura as comunidades mais vulneráveis de Cartagena e demais municípios. Sem falar no “Hay Joven”, um programa de eventos exclusivo para universitários.

O Hay Festival é um evento cultural, que ocorre, anualmente, em várias cidades pelo mundo em diferentes datas, promovendo um encontro de mentes de inúmeros países para compartilhar histórias e discutir sobre diversos temas da atualidade.

Para aqueles que não conseguiram participar do festival, mas não querem perder as atrações, o Hay Festival Cartagena transmite alguns de seus eventos, ao vivo, pelo streaming do seu site oficial.

Saiba mais sobre o evento no site oficial do Hay Festival Cartagena.

0 comentários:

Deixe aqui seu comentário.

Responderei assim que possível.

Obrigada pela visita!